Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 Junho Iteral apoia Feira Agrária do MLST em Maceió
23/06/2017 - 13h20m

Iteral apoia Feira Agrária do MLST em Maceió

Atividade reúne agricultores da Zona da Mata, Litoral e Vale do Mundaú

 Iteral apoia Feira Agrária do MLST em Maceió
Texto e foto: Helciane Angélica Santos Pereira


O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) é um dos apoiadores da Feira Agrária do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST), promovida pela primeira vez no Conjunto Novo Jardim, no bairro Cidade Universitária, em Maceió.

 

São 43 agricultores/feirantes de acampamentos, assentamentos da reforma agrária e assentamentos do crédito fundiário que são acompanhados pelo Iteral. Ao todo, são 12 áreas representando a Zona da Mata, Litoral e Vale do Mundaú.

 

Estão sendo comercializados produtos como: milho, macaxeira, inhame, abóbora, banana, farinha, batata doce, graviola, maracujá, abacaxi, ovo de capoeira, tapioca, beiju, pé de moleque, massa puba e doces caseiros.

 

O diretor-presidente do Iteral, Jaime Silva, elogiou a organização do evento e a participação efetiva da comunidade. "Esse tipo de evento enaltece o trabalho dos agricultores familiares, demonstrando a importância da reforma agrária e ainda é um canal de integração com a população da cidade. E nós do Iteral sempre contribuímos para garantir o escoamento da produção e na busca de políticas públicas que garantam o desenvolvimento das famílias camponesas", citou.

 

"Nós viemos pra cá a pedido da própria associação dos moradores, e também, por compreender que a comunidade aceitava bem e muitos frequentam as feiras na Praça da Faculdade. Esse é um exemplo prático do objetivo da reforma agrária que é a produção de alimentos com qualidade e sem veneno garantindo a saúde da população. É uma oportunidade de negócios, além de ser um espaço de cultura e lazer. E o apoio do Estado é extremamente importante para garantir a viabilidade e sucesso do evento", destacou Josival Oliveira, coordenador estadual do MLST.

 

As associações das comunidades do Clima Bom, Graciliano Ramos e Santa Lúcia também ficaram interessadas em receber as feiras agrárias.

 

No local também foi instalada uma casa de farinha e restaurante camponês. E, à noite, o público lotou o espaço para conferir a apresentação de capoeira, maculelê, fitness dance e o forró pé de serra. Também terá quadrilha improvisada, coco de roda e o bingo de um carneiro.

 

A atividade foi iniciada no dia 22 de junho e segue até às 22h dessa sexta-feira(23), véspera de São João e o evento é gratuito.

Ações do documento