Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2018 Maio Iteral apoia quinta edição da Feira Agrária do Movimento Via do Trabalho
03/05/2018 - 18h20m

Iteral apoia quinta edição da Feira Agrária do Movimento Via do Trabalho

Feira valoriza a agricultura familiar, reunindo acampados e assentados da reforma agrária de todo o Estado

 Iteral apoia quinta edição da Feira Agrária do Movimento Via do Trabalho
Texto e foto: Helciane Angélica Santos Pereira / Ascom Iteral

O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) é um dos apoiadores da quinta edição da Feira Agrária do Movimento Via do Trabalho (MVT), que foi aberta na quarta-feira (2) e prossegue até o meio-dia de sábado (5), na Praça da Faculdade, em Maceió.

 

Na cerimônia de abertura, o diretor-presidente do Iteral, Jaime Silva, destacou que as feiras agrárias demonstram a importância da agricultura familiar e fortalecem a reforma agrária.

 

Essas feiras mostram o potencial da agricultura familiar, seja as que são organizadas pelos movimentos sociais ou as que nós, do Iteral, fazemos com as famílias beneficiadas no Programa do Crédito Fundiário. Eu conheço a dificuldade que é para trazer os produtos até às cidades e de organizar uma feira, mas, é importante para garantir o escoamento da produção e a valorizar o trabalho dos agricultores”, citou Jaime.

 

O coordenador do Centro de Gerenciamento de Crises da Polícia Militar, coronel Paranhos, mencionou que a reforma agrária, assim como, o investimento na educação e saúde, é essencial para o desenvolvimento no campo.

 

Também estiveram presentes representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra/AL), movimentos sociais de mulheres, moradia e sindical e lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST) e a Comissão Pastoral da Terra (CPT-AL).

 

De acordo com a liderança do MVT, Marcos Antônio, o Marron, participam cerca de 100 feirantes oriundos de acampamentos e assentamentos rurais do Agreste, Sertão, Litoral e Zona da Mata alagoana.

 

Com essa feira, a gente mostra a nossa organização e força para combater a fome e a desigualdade social. Fico muito feliz em saber que muitos feirantes saem com o seu dinheiro após as vendas e conseguem comprar sua tv, utensílios para as suas casas e ainda equipamentos para continuar trabalhando na roça. A feira divulga a nossa luta”, afirmou.

 

Na feira, é comercializada uma diversidade de produtos agrícolas como frutas, verduras, tubérculos, farinha, feijão de corda, além de animais, mel, artesanato e comidas típicas. Na programação noturna, o público confere a apresentação de artistas locais com o melhor da MPB e o forró pé serra, com shows abertos ao público.

Ações do documento