Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 Dezembro Iteral fortalece a agricultura familiar de Santana do Mundaú
03/12/2019 - 19h15m

Iteral fortalece a agricultura familiar de Santana do Mundaú

Após o sucesso de duas edições da Feira Agrária do Crédito Fundiário no município, lideranças quilombolas lançaram o projeto Quarta Verde

Iteral fortalece a agricultura familiar de Santana do Mundaú

Texto: Helciane Angélica Santos Pereira (Iteral/Ascom)

Foto: Alexssandro Monteiro (Cortesia)

 

 

O município de Santana do Mundaú conhecido como “Terra da laranja lima” vem sofrendo com a praga da “mosca negra” (Aleurocanthus woglum), que tem causado prejuízos irreversíveis aos laranjais. Porém, nesse ano, os produtores rurais foram incentivados a buscar alternativas sustentáveis para conter os danos e diversificar a produção agrícola, e o exemplo tem sido demonstrado pelos quilombolas da região.

 

O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) tem sido um apoiador efetivo das três comunidades remanescentes de quilombo existentes – Jussara, Mariana e Filús – que juntas reúnem cerca de 120 famílias no município. A assessoria técnica dos núcleos quilombolas e indígenas do Iteral em conjunto com técnicos da Emater fizeram várias visitas às comunidades com o intuito de orientar sobre os cuidados para conter o desgaste do solo e fortalecer os quintais produtivos com a inserção de outras culturas, a exemplo do abacaxi, maracujá e as hortas agroecológicas, inclusive, mobilizou o apoio de assentamentos rurais para a doação de mudas.

 

Com a realização de duas edições da Feira Agrária do Crédito Fundiário e Quilombola no município em parceria com a prefeitura, contribuímos para a geração de renda e incentivamos o escoamento da produção agrícola, mostrando que é possível investir na agricultura familiar. Os quilombolas deixaram de usar os produtos apenas para consumo próprio, e também, passaram a fornecer para a merenda escolar e participar de feiras em outros municípios”, destacou Leone Silva, assessora técnica e coordenadora das feiras promovidas pelo Iteral.

 

A iniciativa também motivou o Instituto Irmãos Quilombolas a concorrer ao edital de credenciamento nº01/2019 promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), e no primeiro semestre foi um dos selecionados com a doação de 10 barracas para feiras. No último dia 19 de novembro de 2019, a instituição lançou oficialmente o projeto denominado Quarta Verde com a efetivação de uma feira livre para a comercialização exclusiva dos quilombolas; e os próximos passos é a implantação de um galinheiro, fábrica de bolos e polpas de frutas.

 

A gente vivia da safra da laranja, mas eu sempre quis ter a minha horta, e agora estou realizando esse sonho! São produtos sem veneno, é tudo orgânico, eu planto couve, coentro, cebolinha, alface, pimentão, tomate e abóbora. A importância dessa feira é para mostrar pra todo mundo o que a gente tem no quilombo e vender nossos produtos.”, declarou a quilombola Raimunda Caetano da Silva.

 

De acordo com o prefeito Arthur Freitas as parcerias são essenciais para garantir o desenvolvimento rural. “Esse projeto é muito importante para a nossa região, que é essencialmente agrícola e possui vários pequenos produtores. O Iteral é um grande parceiro do município há anos e o apoio nesse projeto só tem a fortalecer as comunidades quilombolas e a comercialização movimentará a economia, o nosso objetivo é sempre buscar alternativas novas para fortalecer a agricultura familiar do nosso município”.

 

O projeto Quarta Verde acontece todas às quartas-feiras na praça do povoado Mundaú de Baixo das 13h às 17h; e nas sextas-feiras das 6h às 17h no Residencial Jussara. A população de Santana de Mundaú pode comprar produtos de qualidade como: hortaliças, frutas, doces caseiros, bolos, pé de moleque, beiju, artesanato, dentre outros.

 

Ações do documento