Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 MAIO Representantes do Governo recebem prêmio “Amigos da Reforma Agrária”
03/05/2019 - 13h35m

Representantes do Governo recebem prêmio “Amigos da Reforma Agrária”

A homenagem ocorreu na sexta edição da feira agrária organizada pelo Movimento Via do Trabalho

Representantes do Governo recebem prêmio “Amigos da Reforma Agrária”

Texto: Helciane Angélica Santos Pereira (Ascom/Iteral)

Foto: Eliú Araújo (Ascom/Seagri)

 

 

Na sexta edição da Feira da Reforma Agrária organizada pelo Movimento Via do Trabalho (MVT) no período 1º a 4 de maio, na Praça da Faculdade em Maceió, um dos destaques na programação foi a entrega do prêmio “Amigos da Reforma Agrária”. A atividade em alusão aos 20 anos da realização de feiras agrárias na praça, organizadas pelos movimentos do campo, também foi um reconhecimento aos parceiros na valorização da reforma agrária e da agroecologia.

Dentre os homenageados estiveram: ativistas, pesquisadores, organizações sindicais, Tv Comunitária, jornalistas; o casal de idosos forrozeiros, dona Zélia e seu Vicente, frequentadores assíduos de todas as edições; além do Centro de Gerenciamento de Crises, Direitos Humanos e Polícia Comunitária (CGCDHPC) da Polícia Militar e personalidades políticas, a exemplo do governador Renan Filho, o deputado federal Paulão e Jaime Silva – diretor presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral).

Outros representantes do Governo de Alagoas agraciados foram: Ronaldo Lessa, secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura; e Maria José da Silva, secretária da Mulher e dos Direitos Humanos; que devido a outras agendas, foram respectivamente representados pelo superintendente da Pesca, Arthur Lins e o superintendente de Políticas para os Direitos da Pessoa com Deficiência, Gino César Meneses.

Nós só temos que parabenizar por esses vinte anos da realização das feiras na praça, para mim, representa a união dos movimentos e significa que a luta continua. As feiras conquistaram as pessoas de todas as gerações e condições sociais. Para o Iteral e o Governo do Estado não existe distinção entre os agricultores do crédito fundiário ou dos movimentos sociais, todos são irmãos, todos precisam da terra, vender sua produção e precisam sobreviver. E o nosso compromisso é fortalecer a agricultura familiar!”, declarou Jaime Silva, diretor presidente do Iteral.

A feira conta com a comercialização de produtos agrícolas sem agrotóxicos oriundos de acampamentos e assentamentos rurais; a exposição “Retratos do campo” com o olhar marcante do fotógrafo Tanino e imagens monocromáticas; além das apresentações artísticas nas noites culturais e restaurante camponês.

O movimento surgiu em 2000 no Estado de Alagoas, e possui cerca de 5.000 famílias camponesas acompanhadas. Atualmente, coordena 48 assentamentos rurais e 65 acampamentos de sem terras e sem teto distribuídas na região da mata, litoral norte e agreste alagoano.

Ações do documento